5 PAIS E FILHOS QUE FILHOS QUE FORAM JOGADORES DE FUTEBOL

Cesare e Paolo Maldini

Começamos este artigo com a família Maldini da Itália. Tanto o pai Cesare, como o filho Paolo levantaram a Liga do Campeões/Taça dos Clubes Campeões Europeus enquanto capitão de Milão, feitos que ocorreram exatamente com quarenta anos de diferença.
Cesare também teve um tempo bem sucedido como treinador depois de se aposentar como jogador, enquanto Paolo pôs fim à sua carreira profissional de 24 anos.

Arnor e Eidur Gudjohnsen 

Esta é provavelmente das combinações pai-filho mais interessantes da história do futebol, uma vez que Arnor e Eidur estiveram envolvidos na mesma partida internacional pela Islândia como companheiros de equipa. O filho Eidur substituiu o pai Arnor durante a vitória amigável da Islândia, por 3-0 , sobre a Estônia em 1996. Eidur é o mais famoso dos dois pois jogou na Premier League pelo Bolton e Chelsea e ainda venceu a Liga dos Campeões com o Barcelona. 

Miguel e Xabi Alonso

Miguel Alonso jogou na Real Sociedad no final da década de 70 e início dos anos 80. Ganhou dois títulos pela equipa de San Sebastian, mas acabou por ir para o Barcelona depois de representar a Espanha no Mundial de 1982. Xabi também foi bem sucedido na Sociedad antes de tornar uma das maiores referências da sua geração, passando por clubes como Liverpool, Real Madrid e Bayern Munique.

Frank Lampard Sr. e Jr.

Frank Lampard sénior, passou dezoito anos no West Ham United, onde se afirmou como defesa esquerdo. Acabou por assumir o cargo de treinador depois de se aposentar como jogador e foi o assistente técnico dos Hammers quando o seu filho começou sua carreira profissional no Upton Park.
Ao contrário do seu pai, Frank Júnior é conhecido pelas suas jogadas inteligentes e golos monumentais, acabando por ter uma carreira de maior expressão, com 106 Internacionalizações por Ingleaterra (onde chegou a ser capitão) e a sua carreira de 13 épocas ao serviço do Chelsea.

Mazinho (pai de) Thiago Alcantra e Rafinha – Uma família predestinada a ter sucesso no futebol

Aqui temos um caso raro no futebol. Mazinho, antiga glória do futebol brasileiro com 36 Internacionalizações pela canarinha e passagens por clubes nacionais como Santa Cruz, Vasco e Palmeiras e uma carreira internacional de relevo ao serviço do Lecce, Fiorentina, Valência e Celta de Vigo é pai de duas estrelas do futebol Mundial actual. Thiago Alcântara, naturalizado espanhol e com 26 internacionalizações ao serviço da La Roja (actualmente ao serviço do Bayern Munique, depois de toda a carreira de formação no Barcelona) e Rafinha (internacional Brasileiro) que joga atualmente pelo Inter de Itália após ter feito também ele toda a sua formação no Barcelona. De salientar ainda o facto de Rodrigo Moreno (antigo Avançado do SL Benfica, a jogar actualmente ao serviço do Valência) é sobrinho de Mazinho e primo de Thiago e Rafinha. De facto, uma família predestinada a ter sucesso no futebol.

 

Casos no futebol português

Existem também em Portugal vários casos em que pai e filho se destacaram e tiveram carreiras de relevo nacional e internacional. Destaques para António Veloso (ex Internacional e Capitão do SL Benfica) e Miguel Veloso (56 vezes internacional e actualmente no Génova de Itália), Domingos Paciência (ex-internacional e jogador do FC Porto) e Gonçalo Paciência (actualmente no FC Porto) e ainda João Vieira Pinto (ex-internacional e Jogador do Boavista, Benfica, Sporting e Braga) e Tiago Pinto (actualmente no Osmanlispor na Turquia) que se destacam não propriamente pelas suas carreiras, mas pelo facto de terem sido jogadores profissionais nas mesmas épocas (2006/2007 e 2007/2008) uma vez que a diferença de idades entre os 2 era de apenas 16 anos.

 

Recorda-se de mais algum caso para acrescentar a esta lista?

Não perca a oportunidade de se registar no Talent Spy neste dia do pai e usufrua de todas as potencialidades da nossa plataforma. Saiba mais em www.ftspy.com/contact

Recent Posts